Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • Declaro que o artigo submetido é de minha autoria.
  • Atesto que o artigo submetido é original e não está sendo avaliado por outra revista. Caso o artigo seja derivado de material contido em tese ou dissertação, confirmo que ele apresenta avanço substancial, principalmente na seção conclusão.
  • Confirmo que o texto enviado está em formato .doc ou .docx, compatível com Word, e que estou seguindo todas as orientações presentes nas Diretrizes para autores.
  • Confirmo que tenho número ORCID .
  • Estou ciente que as palavras-chave devem ser retiradas da lista de palavras-chave da revista.

Diretrizes para Autores

Para submeter um artigo à História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography é necessário ter um registro na página da revista e fazer o login no sistema. Sugerimos que resenhas, entrevistas e documentos comentados sejam enviados para a HH Magazine, nossa plataforma de história pública.

Informações sobre a submissão

Declaração de preocupação e investimento na correção das assimetrias entre Norte e Sul Global

A revista História da Historiografia encoraja seus autores a desenvolverem diálogos plurais, recorrendo a referências especializadas tanto do Norte quanto do Sul Global, promovendo a horizontalização do debate acadêmico e o enriquecimento das reflexões epistemológicas, teóricas e historiográficas.

Normas de apresentação dos manuscritos

1 - Os artigos devem conter entre 28 mil e 70 mil caracteres com espaço, incluindo notas e referências bibliográficas. Devem também apresentar um resumo (de 700 a 1.050 caracteres com espaço) e três palavras-chave, ambos seguidos de traduções para língua inglesa.

2 - Recomenda-se que os autores dividam os artigos em seções, que devem consistir em títulos explicativos, em negrito e com maiúscula apenas no início (ou, se nele houver, substantivo próprio). Em hipótese alguma será aceita a divisão de seções por algarismo.

3 - A contribuição deve ser original e inédita, não estar sendo avaliada por outra publicação e não ter indicação de autoria. Os autores devem excluir todas as informações do arquivo que possam identificá-los como tal.

4 - O financiamento da pesquisa deve ser indicado de forma detalhada no campo informações sobre o artigo presente no template padrão da revista.

5 - Os artigos passarão por uma pré-seleção do Conselho Editorial que avaliará sua pertinência com relação à temática do periódico. Uma vez aprovados na pré-seleção, serão encaminhados para pareceristas.

6 - Todos os artigos serão analisados por, pelo menos, dois membros do Conselho Consultivo ou assessores ad hoc, que podem, mediante consideração da temática abordada, seu tratamento, clareza da redação e concordância com as normas da revista, recusar a publicação ou sugerir modificações.

7 - Os pareceres têm caráter sigiloso. Ao Conselho Executivo fica reservado o direito de publicar ou não os textos enviados de acordo com a pertinência em relação à programação dos temas da revista.

8 - As palavras-chave devem ser retiradas do banco de palavras-chave elaborado pelos editores da revista.

9 - As colaborações devem ser enviadas em Times New Roman, corpo 12, espaçamento 1,5 e com margens de 3 cm. As citações com mais de três linhas devem ser recuadas da margem esquerda (1,5 cm), sem aspas, em corpo 11 e espaçamento simples.

10 - Todos os textos deverão ser apresentados após revisão ortográfica e gramatical. A revista publica contribuições em português, espanhol e inglês.

11 - As notas de rodapé devem ser de caráter estritamente explicativo, com o tamanho máximo de 260 caracteres com espaço cada uma e restritas ao máximo de 12 notas por artigo. Caso um número maior de notas seja essencial para a compreensão do argumento do artigo, o autor deve entrar em contato com a secretaria que avaliará o pedido. Quando for realizada a tradução de uma citação, o texto original não deve ser inserido como nota.

12 - As referências devem vir em corpo de texto no seguinte formato: (ABREU, 2005, p. 36). Em caso de dúvidas, favor consultar a ABNT NBR 10520 (2002).

13 - A referência a textos clássicos também deve ser feita no corpo do texto, com indicações do nome do autor, da primeira palavra do título da obra (em itálico) e da seção e/ou as linhas citadas, tal como nos seguintes exemplos: Aristóteles, Poética VII; Tucídides, História IV, 49. A referência completa à obra citada deve aparecer ao final do texto, nas Referências.  

14 - Somente deve ser listado nas Referências material citado no texto. Os autores não devem utilizar siglas para identificar obras, pois este procedimento compromente o processo automatizado de identificação das referências. Todas as submissões realizadas deverão utilizar as normas da ABNT NBR 6023: 2018. Disponibilizamos exemplos dos principais tipos de documentos, a eles devem ser acrescidos os dados de consulta em caso de publicação eletrônica.

a. Livro autoral

  • Estrutura: SOBRENOME, Nome. Título da obra em negrito: subtítulo sem negrito. Tradução de Nome do tradutor. Cidade: Editora, Ano.
  • Exemplo: KOSELLECK, Reinhart. Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos. Tradução de Wilma Patrícia Maas; Carlos Almeida Pereira. Rio de Janeiro: Contraponto; Editora PUC-Rio, 2006. 

b. E-book

  • Estrutura: SOBRENOME, Nome. Título da obra em negrito: subtítulo sem negrito. Cidade: Editora, Ano. E-book. Disponível em: URL do site. Acesso em: Dia mês (abreviado) ano.
  • Exemplo: BAVARESCO, Agemir; BARBOSA, Evandro; ETCHEVERRY, Katia Martin (org.). Projetos de filosofia. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2011. E-book. Disponível em: http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/projetosdefilosofia.pdf. Acesso em: 21 ago. 2011.

c. Capítulo de livro

  • Estrutura: SOBRENOME, Nome (org.). Título do capítulo. In: SOBRENOME, Nome. Título da obra em negrito: subtítulo sem negrito. Cidade: Editora, Ano. p. pp-pp.
  • Exemplo: RICOEUR, Paul. Fase Documental: a Memória Arquivada. In: RICOEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Tradução de Alain François. Campinas: Editora da Unicamp, 2007. p. 155–192. 

d. Coletânea

  • Estrutura: SOBRENOME, Nome (org.). Título da obra em negrito: subtítulo sem negrito. Cidade: Editora, Ano.
  • Exemplo: CARDOSO, Ciro Flamarion; MALERBA, Jurandir (org.). Representações: contribuições a um debate transdisciplinar. Campinas: Papirus, 2000.

e. Artigo em periódico

  • Estrutura: SOBRENOME, Nome. Título do artigo. Nome do periódico: subtítulo sem negrito, Cidade, v. X, n. Y, p. pp-pp, meses abreviados (se houver) Ano.
  • Exemplo: RIGOLOT, François. The Renaissance Crisis of Exemplarity. Journal of the History of Ideas, Philadelphia, v. 59, n. 4, p. 557-563, 1998.

f. Texto disponível na internet

  • Estrutura: SOBRENOME, Nome. Título do texto. Nome do Site, dia, mês (abreviado), Ano. Disponível em: URL do site. Acesso em: Dia mês (abreviado) ano.
  • Exemplo: BENTIVOGLIO, Julio. Precisamos falar sobre o currículo de História. Café História, 15, maio, 2017. Disponível em: https://www.cafehistoria.com.br/curriculo-de-historia/. Acesso em: 18 abr. 2018.

g. Texto completo publicado em anais de evento

  • Estrutura: SOBRENOME, Nome. Título do trabalho. In: NOME DO EVENTO (EM MAIÚSCULO), número do evento, ano, cidade. Anais[...]. Cidade: Editora, ano, p. pp-pp.
  • Exemplo: ARAÚJO, Rodrigo Cardoso Soares de. O polêmico Corsário, um pasquim da Corte Imperial (1880-1883). In: SEMINÁRIO DIMENSÕES DA POLÍTICA NA HISTÓRIA: ESTADO, NAÇÃO, IMPÉRIO, I, 2007, Juiz de Fora. Anais[...]. Juiz de Fora: Clio Edições, 2007, p. 500-501.

h. Dissertação ou tese

  • Estrutura: SOBRENOME, Nome. Título da tese em negrito: subtítulo sem negrito. Ano. Tese/Dissertação (Grau em Área do programa) - Nome do Programa, Universidade, Cidade, Ano.
  • Exemplo: RIBEIRO, Tatiana O. apódexis herodotiana: um modo de dizer o passado. 2009. Tese (Doutorado em Letras Clássicas) - Programa de Pós-Graduação em Letras Clássicas, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.

i. Matéria de jornal

  • Estrutura: SOBRENOME, Nome. Título do artigo. Nome do Jornal, Cidade, dia mês (abreviado) Ano. Caderno p. pp-pp.
  • Exemplo: GLEISER, Marcelo. Newton, Einstein e Deus. Folha de S.Paulo, São Paulo, 13 jun. 2010. Ilustrada, p. A23.

j. Documento depositado em arquivo

  • Exemplo com autoria: ARANHA, Luís de Freitas Vale. Carta a José Pinto. Arquivo Pedro Ernesto Batista, série Correspondência; PEB c 1935.01.15 (Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil, Rio de Janeiro). 15 jan. 1935.
  • Exemplo sem autoria: TERMO de obrigação que fazem Manuel Francisco Villar e Antonio Freire de Ocanha. Códice 296, f.108 (Arquivo Histórico Ultramarino, Lisboa). 2 mar. 1696.

Sempre que possível, forneça todos os dados para a localização do documento no arquivo, tais como título do fundo ou da coleção, série, subsérie, notação (código do conjunto), instituição de guarda, local (entre parênteses), data do documento.

No caso de referências a conjuntos ou itens em posse de pessoa física, registra-se: Acervo pessoal de.

Observações sobre a apresentação das referências:

    1. In, utilizado na apresentação de capítulos de livros, é em itálico;
    2. Sempre que utilizar uma referência consultada on-line, deve-se inserir a URL na parte ‘Disponível em:’ e ‘Acesso em:’.
    3. URL de material disponível on-line deve ser encurtada. Recomenda-se o encurtador https://bitly.com.
    4. A ABNT NBR 6023:2018 não utiliza mais “______.“ Portanto, o nome do autor deve ser repetido.
    5. Não deve ser utilizado aspas (simples ou duplas) em títulos de livros, capítulos ou artigos a menos que o título tenha, efetivamente, este símbolo.
    6. Caso o tipo de documento que você queria citar não esteja listado acima, pedimos que consulte a ABNT NBR 6023:2018, caso a dúvida persistir, entre em contato com a secretaria da revista historiadahistoriografia@hotmail.com.

Artigo original

Um artigo original é o relatório de um estudo escrito pelos pesquisadores envolvidos na pesquisa. Nele são descritos, por exemplo, os métodos adotados, os resultados encontrados, as hipóteses que guiaram o estudo, entre outras informações. Recebemos artigos originais sobre temas relacionados com os campos da história da historiografia, teoria e metodologia da história, filosofia especulativa da história, teorias históricas, filosofia do tempo, além de áreas afins. No ato da submissão, é indispensável indicar se o artigo deve ser avaliado para algum dossiê temático ou para a seção livre. Os manuscritos submetidos devem conter entre 28.000 e 70.000 caracteres com espaço, incluindo-se as notas e as referências bibliográficas.

Artigo de revisão

O artigo de revisão fornece uma síntese abrangente do estado da arte sobre um determinado tema, identifica lacunas nas pesquisas atuais e sugere tendências. Recebemos artigos de revisão de literatura originais sobre temas relacionados com os campos da história da historiografia, teoria e metodologia da história, filosofia especulativa da história, teorias históricas, filosofia do tempo, além de áreas afins. No ato da submissão, é indispensável indicar se o artigo deve ser avaliado para algum dossiê temático ou para a seção livre. Os manuscritos submetidos devem conter entre 28 mil e 70 mil caracteres com espaço, incluindo notas e referências bibliográficas.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.