Notas sobre o nascimento da historiografia moderna no Japão da Era Meiji

Autores

  • Rômulo da Silva Ehalt Tokyo University of Foreign Studies Japan Society for the Promotion of Science

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i12.601

Palavras-chave:

História da historiografia, Japão, Cultura histórica

Resumo

Este trabalho oferece um panorama sobre o processo de formação e desenvolvimento das ciências históricas no Japão durante o processo de abertura ao Ocidente na Era Meiji. O objetivo é refletir sobre processos específicos do caso japonês, como a “história das civilizações” de Fukuzawa Yukichi, a divisão da área em História Nacional (Kokushi), Oriental (Tōyōshi) e Ocidental (Seiyōshi) etc., a partir da história institucional dos locais de produção de história no país e de movimentos historiográficos japoneses oitocentistas. Para esta pesquisa foram levantadas fontes da época e consultada literatura secundária. O trabalho conclui chamando a atenção para a originalidade das interpretações da metodologia ocidental feitas no país durante o século XIX e a autocrítica entre historiadores japoneses em relação às ideologias do país existentes desde antes de sua abertura ao Ocidente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rômulo da Silva Ehalt, Tokyo University of Foreign Studies Japan Society for the Promotion of Science

Doutorando do Instituto de Estudos Globais da Universidade de Estudos Estrangeiros de Tóquio e Research Fellow da Japan Society for the Promotion of Science.

Downloads

Publicado

2013-09-03

Como Citar

EHALT, R. da S. Notas sobre o nascimento da historiografia moderna no Japão da Era Meiji. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 6, n. 12, p. 119–136, 2013. DOI: 10.15848/hh.v0i12.601. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/601. Acesso em: 27 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê "Teoria da história da historiografia"