Um estilo jesuítico de escrita da história: notas sobre estilo e história na historiografia jesuítica

Autores

  • Paulo Rogério Melo de Oliveira UNIVALI

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i7.221

Palavras-chave:

Historiografia, Estilo, Historiografia jesuítica

Resumo

A Companhia de Jesus manifestou desde sua fundação um vivo interesse pela história. O número de historiadores dedicados ao estudo e preservação da memória escrita e do passado da instituição é notável. Apesar das diferenças e das épocas distintas em que viveram e escreveram, é perfeitamente identificável semelhanças narrativas entre os historiadores da Companhia que definem um estilo jesuítico de escrita da história. Este artigo propõe uma abordagem da historiografia jesuítica, aqui representada pelo historiador argentino José María Blanco, com o intuito de identificar alguns traços do estilo dos historiadores inacianos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Rogério Melo de Oliveira, UNIVALI

Doutor em História. Professor de História da UNIVALI.

Downloads

Publicado

2011-08-17

Como Citar

MELO DE OLIVEIRA, P. R. Um estilo jesuítico de escrita da história: notas sobre estilo e história na historiografia jesuítica. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 4, n. 7, p. 266–278, 2011. DOI: 10.15848/hh.v0i7.221. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/221. Acesso em: 20 set. 2021.

Edição

Seção

Artigo