Pintura de uma paisagem

Renovar votos com o futuro: nostalgia e escrita da história

Eduardo Ferraz Felippe

Resumo


Com este ensaio, viso estudar o conceito de nostalgia em um duplo movimento de entender mudanças na historiografia e de indagar a experiência do tempo atual. Apresento, em um primeiro momento, as abordagens que relacionam a nostalgia ao seu nascimento moderno e sua crítica, à experiência do tempo da modernidade historicista. Em um segundo instante, percebo uma mudança na perspectiva teórica da história que relaciona a nostalgia ao ataque ao realismo histórico por meio da conjunção entre memória e História. Por fim, correlaciono a nostalgia como cena literária com a experiência do tempo atual.

Palavras-chave


Escrita da História; Realismo; Historicidade

Texto completo:

117-134


DOI: https://doi.org/10.15848/hh.v0i25.1217

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia