Entre golpes e dispositivos: Foucault, Certeau e a constituição dos sujeitos

  • André Bocchetti Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Discurso, Michel de Certeau, Michel Foucault

Resumo

A análise procura aproximações e distanciamentos entre alguns dos principais conceitos abordados por Michel de Certeau e Michel Foucault, construindo uma proposta que os aproxime no estudo da constituição dos sujeitos. Foi considerada a obra A invenção do Cotidiano: 1. Artes de fazer observada a partir de contribuições de Foucault associadas à análise do discurso e à constituição moral do sujeito. As discussões apontam para uma analítica na qual discursos e práticas cotidianas são contemplados, criando reposicionamentos nos jogos de verdade constituídos a partir das produções estratégicas e táticas. Mecanismos de governo passam a ser analisados em sua capacidade de “apropriação” dos saberes locais. Os objetos constituídos nas relações de poder (instituições, mecanismos, discursos) – e não apenas seus usos – são considerados na medida em que interferem na utilização dos saberes socialmente constituídos. A partir de tais contribuições, apresenta-se uma proposta analítica que encontra nas práticas cotidianas e discursivas suas bases.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Bocchetti, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Professor adjunto do Departamento de Administração Educacional da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Publicado
2015-09-14
Como Citar
BOCCHETTI, A. Entre golpes e dispositivos: Foucault, Certeau e a constituição dos sujeitos. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, v. 8, n. 18, 14 set. 2015.
Seção
Artigo