História e narrativa fotográfica: o caso de “Migrant Mother”, de Dorothea Lange

Autores

  • Antonio de Pádua Bosi Universidade Estadual do Oeste do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i19.869

Palavras-chave:

Narrativas, Imagem, História social

Resumo

Dorothea Lange, fotógrafa documentarista, fez uma série de fotos em 1936 sobre uma família de trabalhadores migrantes. A principal dessas fotos foi denominada “Migrant Mother” e tornou-se um ícone dos tempos da grande depressão. O objetivo deste artigo é discutir a produção do conhecimento histórico a partir dessa série de imagens e da experiência de Florence Thompson, a mulher que foi fotografada. Ao fazer isto tentarei problematizar a narrativa fotográfica e alguns dos procedimentos de Lange à luz da história e do ofício do historiador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio de Pádua Bosi, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Departamento de História;

Área de História.

Downloads

Publicado

2016-06-03

Como Citar

BOSI, A. de P. História e narrativa fotográfica: o caso de “Migrant Mother”, de Dorothea Lange. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 8, n. 19, 2016. DOI: 10.15848/hh.v0i19.869. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/869. Acesso em: 28 set. 2021.

Edição

Seção

Artigo