Pintura de uma paisagem

Um corte radical no tecido da História: o livre uso do passado na narrativa biográfica de Paulo Leminski

Everton de Oliveira Moraes

Resumo


Este texto tem como objetivo analisar os usos do passado na literatura biográfica de Paulo Leminski, bem como a ideia de historicidade que estes usos pressupõem. Tomar-se-á, para isto, como exemplo, a biografia do poeta catarinense Cruz e Sousa escrita pelo autor curitibano. Interessa perceber como Leminski busca criar uma narrativa literária que se utiliza de fragmentos de passado para problematizar a sua atualidade, tecendo, através desta narrativa, conexões com múltiplas temporalidades, questionando as relações entre sujeito e objeto, tais como elas se efetuam nos saberes disciplinares modernos e na política contemporânea. Esse tipo de experiência do pensamento pode ajudar a problematizar os limites de nossa imaginação historiográfica.


Palavras-chave


Paulo Leminski; Biografia; Historicidade

Texto completo:

192-208


DOI: https://doi.org/10.15848/hh.v0i17.798

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia