Pintura de uma paisagem

Um lugar para a América Hispânica na historiografia norte-americana: a fundação do Hispanic American Historical Review e as políticas da história

Arthur Lima de Avila

Resumo


O presente artigo trata da formação de um lugar específico para a veiculação da historiografia
norte-americana sobre a América Hispânica, a Hispanic-American Historical Review, na década de 1910 nos Estados Unidos. Tal processo, argumenta-se, consolidou a disciplinarização da área naquela conjuntura, assim como em algumas necessidades políticas maiores, como, por exemplo, a legitimação da crescente hegemonia estadunidense ao sul de suas fronteiras – o que a análise de artigos que tratavam da Doutrina Monroe e do suposto antiamericanismo das repúblicas hispano-americanas, veiculados pela revista em seus primeiros anos, procura explicitar. Nesse sentido, o texto busca inferir os modos pelos quais certas historiografias adquirem legitimidade não só a partir de imperativos disciplinares, mas também por conta de necessidades políticas mais amplas.


Palavras-chave


Historiografia norte-americana; América Hispânica; Hispanic American Historical Review

Texto completo:

50-68


DOI: https://doi.org/10.15848/hh.v0i17.786

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia