Pintura de uma paisagem

A sabedoria bárbara e os limites da helenização: o Mundo Helenístico de Arnaldo Momigliano

Thiago do Amaral Biazotto, Pedro Paulo Abreu Funari

Resumo


Neste artigo busca-se analisar a obra do historiador italiano Arnaldo Momigliano (1908-1987), em particular no que se refere à abordagem dada por ele às interações culturais durante o período helenístico (323-30 a. C.). Será argumentado que as interpretações de Momigliano sobre o referido período estavam, em grande medida, marcadas por sua forte identidade judaica, ainda mais pelo fato de Os Limites da Helenização (Alien Wisdom: The Limits of Hellenization [1975]) – sua principal obra sobre o assunto – ter sido publicada sob os ecos dos ataques da Síria e do Egito ao Estado de Israel. Desse modo, busca-se problematizar a produção de Momigliano, demonstrado como o cenário político e identitário influiu no trabalho do historiador.


Palavras-chave


Arnaldo Momigliano; Helenismo; Historiografia

Texto completo:

244-261


DOI: https://doi.org/10.15848/hh.v0i17.742

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia