Acadêmicos na berlinda ou como cada um escreve a História?: uma reflexão sobre o embate entre historiadores acadêmicos e não acadêmicos no Brasil à luz dos debates sobre Public History

Autores

  • Jurandir Malerba PUC-RS

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i15.692

Palavras-chave:

Historiografia brasileira, História pública, Teoria da história

Resumo

Indicadores diversos sugerem uma crescente demanda por história pelo público leigo nos últimos anos, demanda que vem sendo suprida por profissionais não treinados na academia. Os objetivos deste texto são os de pensar o próprio conceito de história pública e sua aplicabilidade no Brasil, assim como analisar três autores leigos que se tornaram best-sellers como escritores de história no Brasil. Nosso argumento é o de que a difusão massiva dessas obras tem implicações de ordem técnica e ética diante das quais cabe aos historiadores treinados no sistema de pós-graduação se manifestar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-05-08

Como Citar

MALERBA, J. Acadêmicos na berlinda ou como cada um escreve a História?: uma reflexão sobre o embate entre historiadores acadêmicos e não acadêmicos no Brasil à luz dos debates sobre Public History. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 7, n. 15, p. 27–50, 2014. DOI: 10.15848/hh.v0i15.692. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/692. Acesso em: 21 out. 2021.

Edição

Seção

Artigo