Um Mestre de Rigor: Manoel Luiz Salgado Guimarães e a delimitação do campo de estudos de historiografia no Brasil

Autores

  • Durval Muniz de Albuquerque Júnior UFRN

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i13.681

Palavras-chave:

Campo historiográfico, Conhecimento histórico, Cultura historiográfica

Resumo

Texto de homenagem, ele trata de situar a importância da obra e do trabalho acadêmico de Manoel Luiz Salgado Guimarães, historiador brasileiro falecido em 2010, para a consolidação do campo dos estudos de historiografia na Universidade brasileira. Definindo-o como um mestre, e um mestre de rigor, o texto procura avaliar os aspectos inovadores do trabalho desenvolvido pelo professor Manoel Luiz Salgado Guimarães, bem como indicar os caminhos que foram abertos pela sua militância nos campos do ensino e da pesquisa. Aborda as inúmeras facetas de seu trabalho e se esforça para traçar um perfil, não só do acadêmico, mas do homem público, do cidadão, e por que não do amigo que foi fundamental com seus escritos, com suas aulas, com suas atividades de orientação, para a obra e a vida dos muitos que o conheceram. Este é um texto que busca fazer o luto, da melhor maneira que é possível, fazendo da morte de alguém o estímulo para a vida, para a continuidade de uma herança, instaurando a responsabilidade naqueles que ficaram de seguir a obra inacabada, refundindo vida naquele que nos deixou vivo uma importante parte de si mesmo: o pensamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Durval Muniz de Albuquerque Júnior, UFRN

Autor dos livros: A Invenção do Nordeste e outras artes (Cortez, 2011); Nordestino: invenção do "falo" (Intermeios, 2013); História: a arte de inventar o passado (Edusc, 2007); Nos Destinos de Fronteira (Bagaço, 2013); A Feira dos mitos: a fabricação do folclore e da cultura popular (Nordeste, 1920-1950) (Intermeios, 2013)

Downloads

Publicado

2013-11-12

Como Citar

DE ALBUQUERQUE JÚNIOR, D. M. Um Mestre de Rigor: Manoel Luiz Salgado Guimarães e a delimitação do campo de estudos de historiografia no Brasil. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 6, n. 13, p. 144–153, 2013. DOI: 10.15848/hh.v0i13.681. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/681. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê "A história em questão: diálogos com a obra de Manoel Luiz Salgado Guimarães"