A originalidade historiográfica de La Méditerranée et Le monde méditerranéen à l’épo que de Philippe II e a concepção braudeliana de história

Autores

  • Guilherme Ribeiro UFF-RJ

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i4.64

Palavras-chave:

Braudel, longa duração, moderna concepção de história

Resumo

Levando em consideração o surgimento de uma nova abordagem historiográfica levada adiante pelos primeiros Annales e por Fernand Braudel, o objetivo deste artigo é, a partir de La Méditerranée et le monde méditerranéen à l'époque de Philippe II e as críticas a ele endereçadas, analisar a originalidade historiográfica do mesmo, reunindo elementos que nos permitam sustentar a existência de uma concepção braudeliana de História.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Ribeiro, UFF-RJ

Prof. Adjunto de Geografia do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional

Downloads

Publicado

2010-06-25

Como Citar

RIBEIRO, G. A originalidade historiográfica de La Méditerranée et Le monde méditerranéen à l’épo que de Philippe II e a concepção braudeliana de história. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 3, n. 4, p. 125–144, 2010. DOI: 10.15848/hh.v0i4.64. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/64. Acesso em: 26 out. 2021.

Edição

Seção

Artigo