Pintura de uma paisagem

O ensino superior da História em Portugal (1859-1911)

João Couvaneiro

Resumo


Com a realização deste artigo procurei reunir contributos para uma reflexão em torno do processo de surgimento do ensino superior da História em Portugal. Analisei o seu desenvolvimento como área do conhecimento autonomizada, aceite como saber relevante. Visei ampliar o entendimento sobre os mecanismos que conduziram à conquista desse estatuto, sem deixar de ter presente que a disciplinarização não obedece exclusivamente a questões de caráter científico ou acadêmico. Estudei de forma particular o Curso Superior de Letras, criado por D. Pedro V em 1858 e que foi o primeiro estabelecimento português consagrado especificamente ao ensino das ciências sociais e humanas. Com a implantação da República, essa instituição haveria de converter-se na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, criada em 1910.


Palavras-chave


Portugal; Historiografia portuguesa; Ensino de história

Texto completo:

162-171


DOI: https://doi.org/10.15848/hh.v0i11.534

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia