Uma nobre, difícil e útil empresa: o ethos do historiador oitocentista

Autores

  • Rodrigo Turin UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i2.4

Palavras-chave:

Historiografia, Nação, Sílvio Romero

Resumo

O artigo analisa a formação do ethos que modelou o trabalho de escrita do historiador oitocentista a partir de três topoi que se tornaram recorrentes nos textos historiográficos do século XIX: a sinceridade, a cientificidade e a utilidade. Estes elementos fizeram parte da formalização da prática historiográfica, indo ao encontro do tipo de relação estabelecida entre o historiador, a história e o projeto de nação que se procurava instaurar. Após um breve retorno à tradição historiográfica imperial, tomando como exemplos von Martius e Varnhagen, procuro delimitar algumas continuidades e rupturas no modelo de enunciaçãohistórica de Sílvio Romero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

TURIN, R. Uma nobre, difícil e útil empresa: o ethos do historiador oitocentista. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 2, n. 2, p. 12–28, 2009. DOI: 10.15848/hh.v0i2.4. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/4. Acesso em: 26 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê "Da Monarquia à República: questões sobre a escrita da história"