Pintura de uma paisagem

Sarmiento e seus monstros: caudilhos, deserto e violência na Argentina do século XIX

Cesar Augusto Barcellos Guazzelli

Resumo


O escritor argentino Domingo Faustino Sarmiento foi um dos mais importantes intelectuais latino-americanos do século XIX, além de ter participado ativamente dos principais movimentos políticos do seu país. Sua principal preocupação era explicar e buscar soluções para os crônicos problemas que identificava como responsáveis pelo atraso da Argentina e da América do Sul como um todo. A primeira parte deste artigo constará da análise das causalidades que o autor levantava para justificar este atraso da sociedade argentina, onde aparece claramente o que eles supunham fossem razões naturais; a segunda parte procurará destacar a forma como se desenvolveu o pensamento político de Sarmiento, tendo em vista a maneira como via e propunha soluções para os “males” do país; finalmente, serão tratados as inovações e limites desta produção intelectual. Para este texto serão usados alguns dos principais livros de Sarmiento.

Palavras-chave


Argentina; Estado; Idéias políticas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15848/hh.v0i7.324

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia