Pensamento Social Brasileiro em perspectiva: história, teoria e crítica

Palavras-chave: Teoria da história, História intelectual, História da historiografia

Resumo

O presente artigo pretende realizar uma reflexão crítica e historiográfica acerca do termo “pensamento social brasileiro”. Neste sentido, retomaremos seus processos e mudanças de significados e usos, assim como sua incorporação pelo campo das ciências sociais brasileiras. Assim, recompomos as variantes do pensamento social brasileiro na história intelectual brasileira, apontando alguns de seus usos e mobilizações na imprensa e, posteriormente, a sua consolidação acadêmica e universitária, a fim de atestarmos sua pertinência conceitual. Ao final do artigo, propomos uma revisão crítica acerca de tal perspectiva frente a algumas questões teóricas contemporâneas a partir do conceito de cultura intelectual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Lenine Tito Tolentino, Universidade Federal de Sergipe - PNPD/CAPES

Foto É professor formado em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É doutor em História pela UFMG (2016) e mestre pela mesma instituição (2009). Pesquisa História da Cultura Intelectual, Teoria da História, História da Literatura e História Política. Desenvolve pesquisa historiográfica e iconográfica para mídias museográficas, didáticas e expográficas. É pesquisador em pós-doutoramento na Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Publicado
2019-12-22
Como Citar
TITO TOLENTINO, T. L. Pensamento Social Brasileiro em perspectiva: história, teoria e crítica. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, v. 12, n. 31, p. 338-379, 22 dez. 2019.
Seção
Artigo