Pintura de uma paisagem

Tempos históricos plurais: Braudel, Koselleck e o problema da escravidão negra nas Américas

Rafael de Bivar Marquese, Waldomiro Lourenço da Silva Júnior

Resumo


O artigo explora as interconexões entre as formulações de Fernand Braudel e Reinhart Koselleck a respeito do tempo histórico. Na primeira parte, após passarmos em revista os aspectos centrais do modelo braudeliano, procuramos demonstrar a forma como Koselleck se apropriou dele, renovando e radicalizando-o mediante um duplo procedimento de condensação e complexificação. Na segunda parte, por meio de um breve balanço historiográfico, exploramos as potencialidades da teorização braudel-koselleckiana no campo específico da escravidão negra nas Américas, expondo uma agenda de pesquisa renovada. 


Palavras-chave


Fernand Braudel; Historiografia sobre escravidão; Reinhart Koselleck

Texto completo:

44-81


DOI: https://doi.org/10.15848/hh.v11i28.1363

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia