O conceito de neutralidade no discurso da história: entre os “Geschichtliche Grundbegriffe” e o “Le Neutre” de Roland Barthes

Autores

  • Olga Guerizoli Kempinska UFF

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i2.13

Resumo

Este estudo consiste numa reflexão sobre dois sentidos possíveis do conceito de “neutralidade”. Uma confrontação do sentido dado ao conceito pelo discurso da história no verbete intitulado “Neutralität” do dicionário “Geschichtliche Grundbegriffe” com a proposta de Roland Barthes em seu curso sobre o Neutro, mostra um contraste entre um discurso regido pela hierarquia, completude e conflito, e um outro discurso que, fragmentário e aproximativo, tenta evitar oconflito como seu princípio de organização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

KEMPINSKA, O. G. O conceito de neutralidade no discurso da história: entre os “Geschichtliche Grundbegriffe” e o “Le Neutre” de Roland Barthes. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 2, n. 2, p. 210–219, 2009. DOI: 10.15848/hh.v0i2.13. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/13. Acesso em: 15 out. 2021.

Edição

Seção

Artigo