Pintura de uma paisagem

Biografar os grandes homens para trazê-los à História de uma nova forma: Plutarco e [as interseções de] um mesmo gênero

Lorena Lopes da Costa

Resumo


Neste artigo são discutidos, a partir de algumas passagens de Vidas, de Plutarco, os gêneros biografia e história com vistas a refletir se, na perspectiva de Plutarco, eles constituiriam gêneros distintos ou um mesmo gênero que se localizaria, assim, na História da Historiografia. Para tanto, faz-se uma genealogia da biografia a partir dos elementos da tradição grega que permanecem em Plutarco e toma-se, ainda, para estudo de caso, uma passagem específica da Vida de Alexandre. Mediante esse percurso, visa-se propor que a maior contribuição de Plutarco não teria sido propriamente estabelecer fronteiras fixas entre história e biografia, mas, na verdade, apresentar os grandes nomes da história de uma nova forma, revelando também suas passagens menos gloriosas e até anedóticas, tirando-lhes, por vezes, a armadura de herói para dar-lhes a roupagem de homens, de carne e osso, às vezes virtuosos, às vezes vis e às vezes ambíguos.


Palavras-chave


História; Biografia; Gênero

Texto completo:

150-161


DOI: https://doi.org/10.15848/hh.v0i25.1244

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia