Como dar sentido ao passado: questões relevantes de meta-história

Autores

  • Jörn Rüsen Kulturwissenschaftliches Institut/Universidade Witten-Herdecke

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i2.12

Resumo

O ensaio a seguir aborda a lógica da memória cultural e do pensamento histórico. Primeiramente, dois conceitos básicos para lidar com o passado em nome do futuro são discutidos: “memória” (I) e “história” (II). A parte seguinte trata das questões do fazer história que demandam uma atenção especial nos discursos interculturais do presente: identidade e os problemas do etnocentrismo (III). Adiante se analisa as ferramentas conceituais e metodológicas para a comparação intercultural (IV). Depois disso, aborda-se o excepcional desafio das experiências históricas traumáticas (V) e, finalmente, são trazidos em consideração os novos modos depensamento histórico como respostas a esse desafio: luto e perdão (VI). A última parte (VII) oferece um rápido panorama sobre a dimensão prática da comunicação intercultural. Em resumo, todo o texto pretende servir como um esboço dos contornos das principais questões da meta-história em uma argumentação sistemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

RÜSEN, J. Como dar sentido ao passado: questões relevantes de meta-história. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 2, n. 2, p. 163–209, 2009. DOI: 10.15848/hh.v0i2.12. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/12. Acesso em: 26 set. 2021.

Edição

Seção

Artigo