História e Musicologia: duas apropriações do passado

Autores

  • Denise Scandarolli Unicamp

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i22.1050

Palavras-chave:

História, História das idéias, História da historiografia

Resumo

Este texto aborda as trajetórias da história e da musicologia enquanto disciplinas acadêmicas. Busca compreender seus diálogos e distanciamentos estabelecidos no processo de construção do conhecimento histórico e evidenciados pelas problemáticas trazidas por um objeto de estudo específico, a música. Dessa maneira, este trabalho visa apresentar de forma abrangente, questionamentos referentes às relações estabelecidas entre a musicologia e a história, considerando que ambas buscam o estudo do passado, no processo que as levou ao lugar de áreas de conhecimento específicos, com o intuito de proporcionar novos espaços de discussão e reflexões sobre a abertura de maior diálogo entre as duas disciplinas

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Scandarolli, Unicamp

Possui doutorado em História pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e doutorado com menção honrosa - Très Honorable avec félicitations - em Patrimoine et Langage Musicaux pela Université Paris IV-Sorbonne (2013). Concluiu o mestrado em História pela Unicamp, em 2008 e graduou-se em História, na mesma instituição, em 2005. Atua como pesquisadora em um grupo de pesquisa vinculado à Universidade Federal do Paraná (UFPR) e como Pesquisadora de pós-doutorado no departamento de História da Unicamp. Tem experiência na área de História com ênfase em Teoria da História e História Moderna e Contemporânea

Downloads

Publicado

2017-01-31

Como Citar

SCANDAROLLI, D. História e Musicologia: duas apropriações do passado. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 9, n. 22, 2017. DOI: 10.15848/hh.v0i22.1050. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/1050. Acesso em: 27 set. 2021.

Edição

Seção

Artigo