Para além da escrita hagiográfica: biografias católicas e cultura histórica no Brasil em fins do século XIX e início do XX

  • Tiago Pires Doutorando em História - Unicamp.
Palavras-chave: Biografia, Catolicismo, Historiografia brasileira

Resumo

A Igreja Católica em fins do século XIX e início do XX estava envolvida em diferentes projetos teológico-políticos de reforma e fortalecimento da identidade institucional. A escrita eclesiástica tornou-se uma ferramenta privilegiada para a concretização de tais projetos, sendo as biografias católicas uma das modalidades mais utilizadas. Neste artigo, pretendemos analisar algumas biografias católicas no Brasil, redigidas no âmbito da Arquidiocese de Mariana, buscando compreender de que forma esse estilo narrativo foi constituído como um projeto de fortalecimento da memória e da identidade institucional e sacerdotal, em diálogo com os enunciados e enunciações das hagio-biografias e da cultura historiográfica brasileira da época

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Pires, Doutorando em História - Unicamp.
Doutorando em História pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Mestre em História pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Licenciado e Bacharel em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Integrante do Centro de Estudos em História Cultural das Religiões - Unicamp (CEHIR).
Publicado
2017-01-31
Como Citar
PIRES, T. Para além da escrita hagiográfica: biografias católicas e cultura histórica no Brasil em fins do século XIX e início do XX. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, v. 9, n. 22, 31 jan. 2017.
Seção
Artigo