História da História (1950/60). História e Estruturalismo: Braudel versus Lévi-Strauss

Autores

  • José Carlos Reis UFMG

DOI:

https://doi.org/10.15848/hh.v0i1.1

Palavras-chave:

Estruturalismo, Escola dos Annales, Tempo histórico

Resumo

O objetivo deste artigo é retomar e refletir sobre o intenso debate entre Antropologia e História nas décadas de 1950/60 sobre o conhecimento histórico. A Antropologia Levi-Straussiana obrigou a história a se colocar algumas questões sobre as articulações entre evento e estrutura, novidade e repetição, consciência e inconsciente, singular e universal, sincronia e diacronia. A resposta dos historiadores dos Annales foi dadapor Fernand Braudel.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

REIS, J. C. História da História (1950/60). História e Estruturalismo: Braudel versus Lévi-Strauss. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, Ouro Preto, v. 1, n. 1, p. 08–18, 2009. DOI: 10.15848/hh.v0i1.1. Disponível em: https://historiadahistoriografia.com.br/revista/article/view/1. Acesso em: 24 out. 2021.

Edição

Seção

Artigo